quarta-feira, 25 de junho de 2008

Paciência

Às vezes acontece
Olha-se para o tudo e não se enxerga nada
Às vezes é outro alguém que vê
Melhor que você

Por que seus olhos estão perdidos...
Perdidos num caminho
Que você achava correto
E aí, tudo parece absurdo

O que antes era confiante, coerente
Vira de ponta a cabeça
E você já não sabe mais o que fazer
Ou para onde correr

Nestas horas é preciso saber esperar
Mesmo diante do olho do furacão.

Nestas horas...
É o destino que deve dar o próximo lance

Um comentário:

raphael m. disse...

E às vezes olha-se para o nada e se enxerga tudo
É geralmente quando ninguem parece ver
Melhor que você