terça-feira, 27 de fevereiro de 2007

Processos oníricos?

Não estou conseguindo me lembrar muito bem dos meus sonhos e isto certamente me entristece muito(adotei um tom dramático no final para aproveitar este trecho nos textos pós-modernos anatolianos-vasilianos). Além disso, não sei se há alguma relação, mas estou acordando enjoado há algumas semanas(deve ser a maldita rinite, capiti). Pode ser psicosomático também, mas eu duvido muito, pois isto seria um tanto quanto melodramático. A madrugada é que insiste em me manter acordado, enquanto as aulas não começam... E eu tento ocupar minha mente com a idéia de um emprego. Teóricamente, não estou produzindo nada. Apenas lendo o Zaratrusta e saboreando de vez em quando a história dos Incas, dos Siouxes e de outras questões indígenas. Ah, lendo Jung também. Quero dizer, fuçando os Jungianos. Por falar nisso, fiz uma camisa do Nietzsche engraçadinha. E por falar nisso também, devo dizer que o cara nem é isso tudo que pensam. Um banho gelado deve resolver a situação, enquanto os processos oníricos não chegam ao consciente.

Um comentário:

Trunkael disse...

O interessante é que quando você menciona os Incas e Siuxes logo me lembrei do Age of Empires 3 e a expansão, Warchiefs. Tem jogado?