quarta-feira, 3 de outubro de 2007

Passeio Beatnik

Flores no parque
Um parque tão límpido
Rosas, Girassóis, Bromélias
Uma doce trilha de pedra
Descortina um límpido rio

O canto do Rouxinol
Levou-lhe a uma pedra

Solitária

O cheiro de terra
Era tenro
Era doce

O silêncio do verde
Trouxe-o de volta
À pedra

Gostava de si
Quando lhe deixava
Sozinho

Mas sob a umidade do bosque
Restava-lhe a Insônia

Um comentário:

JH disse...

só faltou uma garrafa de vodka nesse passeio beatnik...